• T. Cozimento 0 minutos
  • Serve para: For 0 Pessoas

Descrição da Receita

Temperatura

– Espumantes: 4-6 graus
– Brancos doces: 6-8 graus
– Brancos secos: 8-12 graus
– Rosados secos: 12-14 graus
– Tintos jovens-ligeiros: 14-16 graus
– Tintos encorpados: 16-18 graus

Melhor forma de resfriar

– Espumantes: balde com metade gelo e metade água, mergulhando a garrafa ali por uma hora/uma hora e meia.
– Brancos: na geladeira e mantidos no balde com gelo.
– Tintos: melhor na parte inferior da geladeira por mais ou menos meia hora antes de servir.

Taça
Com haste, meio bojo perto da haste e afunilando levemente até a boca (vale para brancos e tintos).
Para os espumantes, a tipo flute (com haste alta e corpo mais fino), para não dispersar as borbulhas.

Saca-rolhas
Deve ter comprimento da rolha, para que não a parta ou a esfarele. Deve ser enterrado na rolha na posição bem vertical, reta, para não atravessá-la e acabar por quebrá-la.

Os espumantes são abertos mesmo na mão, levantando lentamente a rolha com o dedo polegar, girando-a para cima com cuidado. Evite a explosão (típica do pódio da fórmula 1), para não desperdiçar as preciosas borbulhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *