Espaguete integral com carne e molho

(0)
Tempo 30min
Serve 2 pessoa(s)
Não informado

Ingredientes

 

Modo de preparo

Ingredientes:

 

- 1 cebola roxa média

 

- 1 dente de alho

 

- 400g de carne (patinho ou alcatra)

 

- Uma lata de tomates sem pele

 

- Molho shoyo a gosto

 

- Sal a gosto

 

- pimenta do reino a gosto

 

- Azeite de oliva (de preferência prensado a frio)

 

- Um colher de chá de farinha integral

 

- ½ pacote de espaguete integral (pode ser com 3 cereais)

 

 

 

Porções:

 

Serve muito bem duas pessoas

 

 

 

Tempo de preparo:

 

30 minutos

 

 

 

Modo de preparo

 

Corte a cebola em pequenos cubos, jogue na panela já aquecida com um fio de azeite de oliva (não usar panelas de teflon) e salpique um pouquinho de sal, uma pitada. Logo depois, corte o alho em pequenas fatias e adicione junta da cebola.

 

Enquanto a cebola refoga (não esqueça de mexer de tempos em tempos), corte a carne em pequenos cubos de 1x1cm a 4x4cm

 

Dica quente: carne fresca sempre é melhor. Evite as embaladas a vácuo.

 

 

 

Agora, confira a cebola: Se estiver um pouquinho queimadinha, ou mesmo marrom, adicione a carne e mexa por uns 2 minutos, até a carne toda ficar cinza.

 

 

 

Deixe por mais uns 4 minutos e acrescente um fio de molho shoyo (ele que será o ingrediente mais doce para quebrar a acidez do tomate).

 

Deixe por mais uns 5 minutos e repare na carne: Se estiver marrom ou mesmo cinza, mas com um pouco de sangue, adicione o tomate pelado, com o molho junto. Corte, dentro da panela - com a colher mesmo - os tomates inteiros.

 

Adicione ¾ de água da lata onde os tomates vieram.

 

 

 

Neste meio tempo, pegue uma grande panela e encha de água até ¾ dela. Adicione somente uma pitada de sal. Nada mais.

 

Coloque em fogo alto e espere ferver.

 

 

 

Deixe cozinhando o molho por mais uns 10 minutos, em fogo médio para baixo, mexendo de tempos em tempos.

 

Veja se os pedaços e tomate já se desfizeram e se o molho está um pouco mais uniforme.

 

 

 

Já se desfizeram, mas o molho parece uma sopa? Então entra em cena a farinha.

 

Em um copo pequeno, coloque uma colher de chá de farinha e adicione aos poucos água (em temperatura ambiente), mexendo assim que o copo for sendo preenchido. Coloque água até a metade deste copo e misture a farinha até ficar um líquido esbranquiçado.

 

 

 

Antes: Adicione a metade do pacote na água fervente, SEM QUEBRAR A MASSA! Faça movimentos suaves com a mão, sacudindo a embalagem e empurrando o espaguete para dentro da panela. Ah! Ficou para fora e agora? Relaxe. Deixe por mais 2 minutos e verás que a massa começará a entrar na panela. Só depois, mexa a massa e faça com que toda ela fique coberta pela água. Não tampe a panela. Demora ou pouco mais, mas previne sujeira.

 

 

 

Agora, aumente o fogo ao máximo no molho, adicione a farinha aos poucos e fique mexendo o molho até ver que a consistência ficou mais uniforme. O ponto é testado retirando a colher do molho e vendo o molho pintar na panela. Se respingar, ainda não está no ponto, logo, terás de deixar mais no fogo. Ficou uniforme e não respingou? O molho está pronto. Desligue o fogo e deixe tudo na panela enquanto a massa termina de cozinhar.

 

 

 

Molho pronto, esperando e vamos à massa!

 

Como ela está? Não sabe se está no ponto? Há três métodos:

 

1)      Pegar um fio e atirar na parede de azulejo. Se a massa grudar, seu espaguete está pronto. É divertido e suja tudo, mas é um bom teste.

 

2)      Método mais.. digamos.. científico: Tire um fio, corte-o e veja se o meio do fio está branco. Se estiver, a massa ainda está crua por dentro. Deixe mais alguns minutos e pronto.

 

3)      Experimente.

 

 

 

Massa pronta? Antes de escorrer, ligue novamente o fogo do molho e deixe aquecer novamente, mexa algumas vezes e escorra a massa.

 

Imediatamente, após escorre a massa, sirva a mesma, podendo-se utilizar um bom queijo ralado (estepe ou parmesão – o de verdade)